Paraguai certo da vitória contra o Brasil

Há um clima de euforia no Paraguai. Todos acreditam que é possível vencer o Brasil quarta-feira, como em 18 de julho de 2000, quando o placar foi 2 a 1 em Assunção, também pelas Eliminatórias. Os canais de tevê repetem à exaustão os gols de Paredes (de cabeça) e Jorge Campos (uma virada espetacular, de pé direito) e sonham com o bis.Outro motivo de entusiasmo é a comparação que os paraguaios fazem entre seus atacantes Roque Santa Cruz, do Bayern de Munique, e José Saturnino Cardozo, do Toluca, do México, e os zagueiros Lúcio e Roque Júnior. "São zagueiros de bom nível, mas ninguém pode negar que são a parte mais vulnerável da Seleção Brasileira. E nossos atacantes formam o melhor setor do time", diz Gabriel Cazenave, editor do ABC Color, principal jornal paraguaio.Cardozo fez quatro gols nas Eliminatórias e é o maior artilheiro da história da seleção paraguaia, com 20 gols - Roque Santa Cruz tem 10. Os dois são fortes pelo alto e Santa Cruz tem velocidade pelos lados do campo.Roberto Carlos é a razão da única substituição que o Paraguai fará em relação ao time que venceu o Chile por 1 a 0 em Assunção dia 18 de novembro. Ortiz vai substituir Bonnet. Ele está em melhores condições físicas e o técnico Aníbal "Maño" Ruiz considera essa a única maneira de tentar brecar o lateral do Real Madrid.Apesar de essa ser apenas a quinta das 18 rodadas das Eliminatórias, os paraguaios acreditam que uma vitória deixará sua seleção perto de garantir uma das cinco vagas. O raciocínio é simples. "Qual país vencerá o Brasil, mesmo jogando em casa?", pergunta Cazenave.O Paraguai fará hoje seu único coletivo com os 22 convocados, pois os "estrangeiros" demoraram a chegar e os "paraguaios" estavam envolvidos com a Libertadores. Arce não está bem fisicamente, mas será escalado. O time será Villar, Arce, Caceres, Gamarra e Caniza; Ortiz, Enciso, Paredes e Jorge Campos; Santa Cruz e Cardozo.

Agencia Estado,

29 de março de 2004 | 10h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.