Paraguai fica sem goleiro titular e tem mais problemas

Os problemas do Paraguai não terminam: além do corte do goleiro titular Justo Villar, confirmado na noite desta segunda-feira (horário local), os zagueiros Delio Toledo e Julio César Cáceres ainda são dúvidas para a partida contra a Suécia, marcada para esta quinta, em Berlim.Assim como aconteceu com Villar, Toledo se contundiu no jogo de abertura do grupo B, em que o Paraguai perdeu para a Inglaterra por 1 a 0. Segundo o médico da delegação, Osvaldo Pangrazio, ele teve uma contratura muscular na parte posterior da perna esquerda e precisa de "três dias de exercícios especiais".O problema de Cáceres, por sua vez, é no joelho direito. "Ele chegou com uma lesão ocorrida no último jogo disputado pela Libertadores, contra o River Plate", informou o médico. "Às vezes, depois de um treinamento forte, ele aplica gelo no joelho, mas faz isso só por precaução".Com relação ao goleiro Villar, que se contundiu aos oito minutos do jogo de estréia, Pangrazio explicou que a lesão muscular na perna direita requer de uma recuperação mínima de um mês. "A ruptura muscular tem cinco centímetros, e não cicatriza em menos de quatro semanas. Ele precisa ficar em repouso, com a perna elevada. A região está muito inflamada, com um grande hematoma".De acordo com o médico, a permanência de Villar com a delegação "é uma questão para os dirigentes", mas disse que é provável que ele permaneça com seus companheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.