Norberto Duarte/AFP
Norberto Duarte/AFP

Paraguai segura o empate sem gols com a vice-líder Argentina de Messi

Resultado de 0 a 0 deixou os argentinos com 19 pontos, bem perto de confirmar a sua vaga para o Catar

Redação, Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2021 | 22h11

A Argentina manteve a vice-liderança das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar ao empatar com Paraguai, por 0 a 0, nesta quinta-feira à noite, pela 11ª rodada. O Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, recebeu 17 mil torcedores, que comemoraram bastante o fato da sua seleção parar os argentinos de Messi e Cia., até então, apontados como grandes favoritos.

O empate deixou os argentinos com 19 pontos, bem perto de confirmar a sua vaga. O Paraguai continua em sexto lugar, com 12 pontos, mantendo o sonho de brigar pela quinta vaga, no momento contra Equador e Colômbia.

A estratégia do Paraguai era fazer uma forte marcação, principalmente não dando espaços para Messi. Mas o meia argentino, desde o início, ditou o ritmo do jogo, recebendo a bola e tendo tempo para armar as jogadas ofensivas. O mais acionado era o centroavante Correa, que confundia a marcação com muita movimentação lateral.

Mesmo com três zagueiros, entre eles Gustavo Gómez (Palmeiras) e Junior Alonso (Atlético-MG), os paraguaios sofriam forte pressão e em dez minutos a Argentina criou três chances de gols. Nem a sequência de faltas por parte do Paraguai segurou o ímpeto argentino. O árbitro brasileiro Anderson Daronco já tinha advertido que aplicaria o cartão amarelo, que saiu somente aos 20 minutos para o volante Villasanti, que atua no Grêmio.

Além disso, o Paraguai não apresentou nenhuma alternativa para o contragolpe diante da supremacia argentina, com mais de 70% de posse de bola. Pelo menos no placar, o primeiro tempo terminou dentro do esperado pelos paraguaios, com a igualdade sem gols.

O segundo tempo começou com a Argentina, de novo, no ataque. Correa teve chance de cabeça aos 14, aliviada pela defesa. Mas depois disso, o Paraguai respondeu com duas grandes chances. Aos 18 minutos, Sanabria apareceu na pequena área para desviar de cabeça e exigir grande defesa do goleiro Martínez. A torcida também se levantou aos 25, quando Sanabria invadiu a grande área pelo lado esquerdo e bateu cruzado, mas para fora.

Num ritmo menor e aparentando até certa displicência em campo, a Argentina só crio uma chance real de gol na segunda etapa aos 37 minutos. Papu Gómez chutou de fora da área e o goleiro Antony Silva saltou alto para dar um tapa na bola e ceder o escanteio. No balanço geral do segundo tempo, o Paraguai criou quatro chances contra duas da Argentina.

No domingo será disputada a quinta rodada, adiada ano passado por causa da pandemia de Covid-19. A Argentina vai receber, em Buenos Aires, o Uruguai, a partir das 20h30. O Paraguai vai até Assunção para enfrentar o Chile, a partir das 21 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.