Paraguai vence Chile, de virada: 2 a 1

O nível técnico não foi dos melhores, tanto que a seleção menos habilidosa venceu. O Paraguai, equipe de pior campanha na primeira fase, precisou apenas jogar nos erros dos chilenos para fazer 2 a 1 no time da casa e, de virada, vencer o primeiro jogo do quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico, disputado na cidade de Valparaíso. O início do jogo foi sonolento. O Chile estava nervoso e mal parecia o time invicto do início do campeonato. Quando tentava, esbarrava na firme defesa paraguaia. Sendo assim, o Paraguai dominou o primeiro tempo e por pouco não abriu o placar em vários lances. Em um deles, Pablo Giménez chutou forte, mas o goleiro Bravo espalmou. No segundo tempo, o Paraguai voltou mais tímido. O time da casa ganhou espaço e deu a entender que dominaria a partida. E, por alguns minutos, dominou. A defesa, no entanto, continuava prevalecendo. No primeiro vacilo, aos 17 minutos, Rodrigo Millar marcou de cabeça, após escanteio da esquerda. O jogo já caminhava para a esperada vitória do Chile, que teve várias oportunidades de ampliar, quando o Paraguai ressurgiu das cinzas e virou a partida. Aos 35, Barreiro aproveitou falha da zaga e empatou. Dois minutos depois, quem diria, bate e rebate na frente do gol chileno, todo mundo tentou acertar o gol até que Martínez chutou e Villalba desviou: 2 a 1. Pelo que as duas equipes apresentaram, resultado justo.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2004 | 00h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.