Paraguaio dá novo ânimo ao Flamengo

A estréia do atacante paraguaio César Ramirez, conhecido em seu país como El Tigre, é a principal atração do Flamengo no jogo deste sábado contra o São Caetano, às 18h10, no Estádio Luso-Brasileiro. A exemplo dos seus companheiros e da comissão técnica, ele vai encarar esse confronto como se fosse uma decisão de Campeonato Brasileiro. O Flamengo vive um drama. Está na zona de rebaixamento e não pode demorar a reagir, pois o risco de cair para a segunda divisão é real. ?Não sou salvador da pátria, mas farei o máximo para que a equipe volte a vencer e, em pouco tempo, saia dessa situação?, declarou o paraguaio Ramirez, que formará dupla de ataque com Fellype Gabriel, a quem elogiou. ?É bom jogador e tem muita velocidade.? Ambos têm a missão de melhorar o desempenho do ataque do Flamengo, o pior do campeonato até agora ? fez 27 gols em 25 rodadas. Muito pouco para quem sonha com dias mais tranqüilos. ?A bola precisa voltar a entrar?, disse o zagueiro Júnior Baiano, que retorna ao time titular após 11 rodadas sem atuar ? foi afastado por deficiência técnica pelo ex-treinador do clube, Celso Roth. ?O Flamengo joga muito bem contra equipes grandes. As vitórias podem ser de 1 a 0 ou meio a 0 que está bom?, afirmou Júnior Baiano, que já participou de dez jogos no campeonato e fez três gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.