Paraguaios comemoram classificação inédita para as quartas

Em Assunção, comércio fechou e ruas foram bloqueadas durante partida contra o Japão.

Marcia Carmo, BBC

29 de junho de 2010 | 19h30

Uma multidão comemorou no centro de Assunção nesta terça-feira a vitória do Paraguai contra o Japão e a classificação inédita da seleção para as quartas de final em uma Copa do Mundo.

Torcedores mostrados pela TV paraguaia acompanharam a decisão dos pênaltis em silêncio. No quinto gol, que confirmou a vitória, houve gritos e muito pularam e choraram.

"Somos um país pequeno e merecíamos essa alegria", disse à imprensa local uma mulher com uma bandeira nas costas.

Durante a partida, o comércio fechou as portas e ruas foram bloqueadas ao trânsito em Assunção. No interior do país, foram realizadas caravanas de carros, motos e bicicletas com as pessoas buzinando e erguendo bandeiras do país.

"Hoje o Paraguai é notícia e notícia positiva no mundo inteiro", disse um locutor da rádio Ñanduti, de Assunção.

Carta

O presidente Fernando Lugo enviou uma carta aos jogadores, que foi lida pelas principais emissoras de rádio do país.

"Choramos de emoção e nos reencontramos com a velha esperança de uma nação que confia em seus filhos. Quero felicitar os jogadores. Arriba Paraguai", diz a carta.

Já a manchete da edição online do jornal ABC Color era "Pare de sofrer! Paraguai está nas quartas de final!".

Paraguaios que moram na capital argentina também comemoraram, erguendo bandeiras e falando em guarani para as câmeras de televisão do país.

"O que eu disse é que estamos felizes, como nunca, e que sonhamos em disputar com o Brasil e vencer", disse um torcedor à emissora de televisão argentina TN (Todo Noticias).

Outro agradeceu ao técnico argentino da seleção paraguaia, Gerardo Martino, "pela oportunidade de o Paraguai chegar longe".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.