Paraguaios esgotam ingressos para duelo contra o Brasil

Em 15 de junho, Estádio Defensores del Chaco receberá mais de 35 mil torcedores para a partida

REUTERS

23 de maio de 2008 | 17h50

Os paraguaios compareceram em massa nesta sexta-feira para comprar ingressos para a partida entre a seleção paraguaia e o Brasil em Assunção. Entretanto, a escassez de entradas provocou a ira de muitos torcedores, que advertiram sobre a presença de cambistas.    Veja também:  Atacante Adriano é convocado para os amistososO encontro entre os paraguaios e a seleção pentacampeã mundial pela quinta rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 acontece no dia 15 de junho no estádio Defensores del Chaco, na capital paraguaia. Os ingressos para a partida começaram a ser vendidos na sexta-feira, mas a grande demanda fez com que horas depois restassem poucas entradas, disse a empresa Sanri, uma das responsáveis pela comercialização. Um porta-voz da empresa explicou que muitos bilhetes foram vendidos antecipadamente a agências de viagem e que só restavam ingressos para as zonas laterais do estádio, que tem capacidade para 35.000 espectadores. Na sede da empresa Talismán, que disponibiliza ingressos à Sanri, a fila de torcedores decepcionados se estendia por aproximadamente uma quadra, o que fez que muitos duvidassem sobre a presença de cambistas, que, no mínimo, duplicariam os preços dos bilhetes. "Desde as quatro da manhã estamos esperando para comprar ingressos e dizem que eles se acabaram. Como vão terminar se ainda nem começaram a ser vendidos?", disse um torcedor enfurecido a uma rádio local. "Como em um dia acabam 40.000 ingressos? Isso só se pode explicar pela revenda", acrescentou. A empresa disse em um comunicado que limitou a venda a cinco boletos por pessoa buscando evitar a revenda e que devido à enorme demanda, os ingressos para os setores de menor custo se encontravam completamente esgotados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.