Paraná arranca empate com Ponte Preta no final

Com um gol aos 48 minutos do segundo tempo, o Paraná arrancou um empate por 3 a 3 com a Ponte Preta, neste sábado, em partida disputada no Estádio Moisés Lucarelli, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agencia Estado

29 de agosto de 2009 | 19h00

O empate apertado deixou o Paraná com 25 pontos, na 15ª posição da tabela. A Ponte tem 31, seis a menos que o Ceará, último colocado do G-4, na oitava colocação. O resultado aumentou a pressão sobre o técnico Pintado, que está com o cargo em risco.

O primeiro tempo do duelo foi eletrizante. Três gols foram marcados em menos de 10 minutos. Aos 50 segundos de jogo, o Paraná abriu o placar em um belo chute de Rafinha de fora da área. A Ponte empatou e virou em seis minutos.

Aos dois, Evando desviou de cabeça para deixar tudo igual. Aos oito, foi a vez do zagueiro Dezinho escorar de cabeça para virar. Ainda na etapa inicial, a Ponte Preta fez o terceiro aos 34, novamente de cabeça, com Jean Carioca.

No segundo tempo a história mudou e o Paraná buscou o empate. Aos 14, Marcelo Toscano desviou de dentro da pequena área para fazer o segundo dos paranaenses. O empate veio somente nos acréscimos. O zagueiro Gabriel apareceu no meio da zaga e desviou de cabeça após cruzamento de Rafinha.

Pela 22ª rodada, Ponte e Paraná voltam a campo na próxima sexta-feira, às 21 horas. O time de Campinas encara o Ipatinga, fora de casa, enquanto o time paranaense recebe o América-RN, em Curitiba.

Ficha Técnica:

Ponte Preta 3 x 3 Paraná

Ponte Preta - Giovanni; Edilson, Jean, Dezinho e Guilherme; Deda, Pirão, Eduardo Arroz e Jean Carioca (Fabiano Gadelha); Evando (Danilo Neco) e Lins (William). Técnico: Pintado.

Paraná - Ney; Gabriel, Dedimar e Élton; Marcelo Toscano (Wando), Rai, Luiz Henrique, Davi e Márcio Goiano (Fabinho); Rafinha e Adriano (Wellington Silva). Técnico: Sérgio Soares.

Gols - Rafinha, aos 50 segundos, Evando, aos 2, Dezinho, aos 8, e Jean Carioca, aos 34 minutos do primeiro tempo. Marcelo Toscano, aos 14, e Gabriel, aos 48 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Edílson, Guilherme e Eduardo Arroz (Ponte Preta); Dedimar, Luiz Henrique, Élton e Fabinho (Paraná).

Árbitro - Renato Cardoso da Conceição (MG).

Renda - R$ 25.149,00.

Público - 3.066 pagantes.

Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).P

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.