Paraná bate Atlético-MG no Mineirão

Em noite do goleiro Flávio, o Paraná venceu o Atlético-MG por 1 a 0, nesta terça-feira, no Mineirão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paranaense chegou aos 48 pontos e deixou os mineiros com 30, ainda na zona de rebaixamento.Sem vencer há 3 jogos, o Atlético começou melhor e teve grande chance de abrir o placar logo no primeiro minuto. Retornando ao time titular depois de 2 meses, Rodrigo Fabri sofreu pênalti do zagueiro Aderaldo. Ele mesmo bateu, no canto esquerdo, mas o goleiro Flávio defendeu. O árbitro Jamir Carlos Garcez mandou voltar a cobrança do pênalti, alegando que o goleiro do Paraná havia se movimentado. Rodrigo Fabri cobrou novamente, no mesmo canto, e Flávio defendeu outra vez. Depois dos dois pênaltis desperdiçados, o time da casa ficou nervoso em campo e o Paraná se aproveitou disso. E assim, fez seu gol. Aos 16 minutos, o zagueiro Neguette, ex-jogador do Atlético, aproveitou um escanteio da esquerda e cabeceou forte no canto direito do goleiro Bruno, fazendo 1 a 0.Em desvantagem no placar, o Atlético pressionou bastante, mas não conseguiu chegar ao empate. Parou na atuação destacada do goleiro Flávio, que fez pelo menos três grandes defesas só no primeiro tempo. Na segunda etapa, a história se repetiu. O time da casa, desorganizado taticamente, tentava chegar ao gol de empate mais na vontade do que na técnica. Mas o goleiro Flávio não deixou passar nada, garantindo a vitória do Paraná. Assim que acabou o jogo, a torcida que foi ao Mineirão começou a vaiar o Atlético, gritando ?Time sem vergonha?. Do outro lado, elogios para Flávio. "A qualidade do nosso goleiro foi fundamental", comemorou o técnico do Paraná, Luiz Carlos Barbieri.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2005 | 23h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.