Paraná conquista três pontos no Barradão

O Paraná não tomou conhecimento do Vitória e venceu o time baiano por 3 a 0 em pleno Estádio Barradão. Com o resultado, o Paraná chegou aos 31 pontos, enquanto o Vitória permaneceu com 27 e acumulou a nona derrota no Campeonato Brasileiro. Com vários desfalques na equipe e a inesperada saída do técnico Edinho Nazareth no sábado, o Vitória foi presa fácil para o Paraná no primeiro tempo. O treinador interino Nelsinho Góes armou uma equipe excessivamente defensiva apesar de jogar em casa. Isso permitiu ao Paraná dominar o jogo logo nos primeiros minutos. Mesmo sem apresentar um grande futebol, a equipe paranaense conseguia chegar fácil na meta adversária como aos 12 minutos quando Maurílio penetrou pelo lado direito da área, cruzou para o lado oposto e Caio livre chutou para fora. Aos 20 minutos, Maurílio cobrou falta na área para o zagueiro Ageu tentar de cabeça, mas a bola saiu sem direção. Aos 31, o goleiro Juninho salvou de pé novo ataque conduzido por Caio. O Paraná conseguiu marcar de bola parada aos 33: Ageu acertou chute indefensável para Juninho em cobrança de falta a longa distância, fazendo 1 a 0. Tentando uma reação, Nelsinho Góes trocou o zagueiro Anselmo pelo meia-atacante Chiquinho no intervalo e o time passou a atacar, mas se expôs em demasia aos contra-golpes do Paraná. Foi num desses contra-ataques que a equipe paranaense marcou 2 a 0. Maurílio lançou Valentim, que fez boa jogada pela ponta-direita e cruzou para Renaldo livre empurrar para as redes. Logo depois, Renaldo penetrou livre, mas chutou nas pernas de Juninho desperdiçando a chance do terceiro. Marquinhos foi mais competente aos 23, fazendo 3 a 0 após receber na área de Caio.

Agencia Estado,

27 de julho de 2003 | 18h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.