Paraná demite Marcelo Martelotte após três derrotas seguidas na Série B

Técnico teve aproveitamento de 37% no clube

Estadão Conteúdo

25 Setembro 2016 | 20h19

Marcelo Martelotte não é mais o técnico do Paraná. Na tarde deste domingo, um dia depois da derrota para o Náutico por 2 a 1, em casa, na Vila Capanema, a diretoria tricolor anunciou a saída do comandante e vai em busca de um substituto para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro.

Contratado para a vaga de Claudinei Oliveira em 16 de junho, Martelotte comandou o Paraná em 18 jogos e teve um aproveitamento de 37% - cinco vitórias, cinco empates e oito derrotas. Além do treinador, também deixa o clube o auxiliar-técnico Antônio Carlos Júnior.

A diretoria agora vai em busca de um substituto e um dos nomes mais cotados para o cargo é o de Léo Condé, que está sem clube desde que deixou o Goiás no início do mês. O novo treinador vai assumir o Paraná na 14ª colocação, com 33 pontos, a seis de distância da zona de rebaixamento. Por coincidência o próximo jogo do Paraná vai ser no sábado contra o Goiás, às 16 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.