Paraná e Coritiba jogam para embalar

O clássico entre Paraná (7.º lugar, com 42 pontos) e Coritiba (13.º lugar, com 38 pontos), neste sábado, às 16 horas, no estádio Pinheirão, em Curitiba, pode garantir o fôlego que ambos desejam para continuar almejando uma das vagas da Libertadores. Aquele que vencer ganha confiança. A campanha do Paraná no segundo turno tem sido uma das piores do campeonato, enquanto o Coritiba está há três rodadas sem levar gol. No Paraná, a novidade é o retorno do goleiro Flávio, que não jogava havia seis partidas recuperando-se de uma contusão. Coincidentemente, em sua ausência o time não venceu nenhuma partida, tomando uma média de dois gols. Quando jogava, a média era de 0,9 gols por partida. O jogador prefere desconsiderar os números, alertando para a força ofensiva do Coritiba. ?Não pode vacilar um segundo sequer?, disse. ?Mas com o apoio dos torcedores esperamos comemorar um bom resultado?. Do lado do Coritiba, o técnico Cuca exigiu bastante nos treinamentos. ?Nos últimos jogos tivemos pouca paciência para desenhar uma jogada, quisemos fazer uma conclusão sem ter um princípio de jogada e aí ficou complicado?, afirmou. Sem mistérios, ele definiu os titulares com antecedência colocando o meia Jackson na lateral-direita. O jogador já atuou naquele setor, tendo correspondido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.