Sirli Freitas/Chapecoense
Sirli Freitas/Chapecoense

Paraná empata com a Chape fora e fatura o 1º ponto no Brasileirão

Arthur Caíke abre o placar para o time da casa, mas Carlos deixa tudo igual em Chapecó

Felipe Rosa Mendes, Estadão Conteúdo

07 Maio 2018 | 22h02

De volta à primeira divisão após dez anos, o Paraná enfim somou seu primeiro ponto na Série A do Campeonato Brasileiro na noite desta segunda-feira. Na Arena Condá, o time paranaense empatou com a Chapecoense por 1 a 1, no encerramento da quarta rodada. Carlos marcou o gol que garantiu o primeiro ponto dos paranaenses na competição.

+ TEMPO REAL: Confira como foi o jogo em Chapecó

Apesar disso, a equipe segue na última colocação da tabela - o Vitória também tem apenas um ponto, mas apresenta melhor saldo de gols. A Chapecoense, por sua vez, soma três e continua dentro da zona de rebaixamento, na 17ª posição.

Após tropeços seguidos neste início de Brasileirão, Chapecoense e Paraná fizeram um início de partida cauteloso nesta segunda. Mesmo jogando fora de casa, o time visitante foi quem tomou as primeiras iniciativas da partida, sob a pressão de três derrotas consecutivas no campeonato.

Diante da necessidade de somar o aguardado primeiro ponto na tabela, o Paraná tomou conta da etapa inicial a partir dos 15 minutos ao passar a pressionar a saída de bola da Chapecoense. Recuado, o time da casa não conseguia atravessar o meio-campo e o goleiro David praticamente não trabalhou no primeiro tempo.

Os anfitriões só levaram certo perigo ao gol do Paraná nos minutos finais da etapa. Na melhor oportunidade, Wellington Paulista acertou chute por cima do travessão que quase encobriu o goleiro do Paraná, aos 41 minutos.

Do outro lado, Jandrei precisou trabalhar em três lances perigosos dos visitantes. No melhor momento do Paraná, Jhonny Lucas cabeceou na pequena área e o goleiro da equipe catarinense fez a defesa à queima-roupa.

No segundo tempo, o time paranaense seguiu melhor em campo, com postura mais ofensiva. Aos 8, Caio Henrique acertou forte chute rasteiro e só não marcou porque Bruno Pacheco desviou no meio do caminho e a bola passou rente ao pé da trave.

Quando o Paraná parecia perto de abrir o placar, a Chapecoense descolou lance de bola parada e abriu o placar. Aos 17, Arthur Caíke acertou lindo chute em cobrança de falta, mandou por cima da barreira e venceu o goleiro David.

Mas a festa da torcida catarinense durou apenas cinco minutos. Foi o tempo que o Paraná precisou para empatar. Aos 22, Léo Itaperuna acionou Carlos, que finalizou para as redes.

Com o empate no placar, as duas equipes reduziram o ritmo e o duelo se concentrou no meio-campo. Em lance bobo, o Paraná ficou com um a menos em campo, quando Mansur empurrou Wellington Paulista com a chuteira, quando estavam no chão após dividida, e foi expulso de campo, aos 37.

Daí em diante, o Paraná se focou na defesa, enquanto a Chapecoense tentava arrancar a vitória numa modesta pressão nos minutos finais, sem sucesso.

Os dois times voltam a campo pelo Brasileirão no próximo domingo. A Chapecoense jogará novamente na Arena Condá, desta vez contra o líder Flamengo. E o Paraná vai visitar o Santos na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE 1 x 1 PARANÁ

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Márcio Araújo (Canteros) e Júnior Santos (Leandro Pereira); Arthur Caíke (Guilherme) e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

PARANÁ - David; Alemão, Jesiel, Cléber Reis e Mansur; Jhonny Lucas, Torito González (Leandro Vilela), Caio Henrique (Zezinho); Léo Itaperuna, Silvinho (Vitor Feijão) e Carlos. Técnico: Rogério Micale.

GOLS - Arthur Caíke, aos 17, e Carlos, aos 22 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cléber Reis, Silvinho e Wellington Paulista.

CARTÃO VERMELHO - Mansur.

ÁRBITRO - Raphael Claus (SP).

RENDA - R$ 155.770,00.

PÚBLICO - 7.838 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.