Paraná goleia Vasco em São Januário

Nem o gol do atacante Edmundo, que não marcava desde novembro do ano passado, evitou a derrota do Vasco para o Paraná, de virada, por 4 a 1, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time vascaíno perdeu a invencibilidade de 22 jogos no seu estádio e não conseguiu a sonhada terceira vitória consecutiva na competição. Já a equipe paranaense venceu pela primeira vez em São Januário. O Vasco iniciou a partida pressionando. Logo nos primeiros minutos, o meia Marcelinho cobrou falta, mas Edmundo desperdiçou. Aos 7, porém, em jogada semelhante, o mesmo Edmundo não cometeu o mesmo erro e abriu o placar. Com o gol sofrido, o Paraná resolveu acordar no jogo e teve três boas oportunidades para empatar. Em ambas, o goleiro Fábio defendeu. Depois destes ataques, o Vasco voltou a assustar o gol adversário. O meia Morais fez boa jogada e chutou rente à trave. Marcelinho cobrou falta com perigo. Mas a zaga vascaína resolveu atrapalhar a vida do time. Aos 29, o atacante Maurílio aproveitou uma falha de Wellington Paulo e finalizou no canto, sem chances para Fábio. O Vasco ainda tentou recuperar a vantagem no marcador. Sem sucesso. No segundo tempo, o Vasco tentou pressionar, mas não conseguia chegar ao gol do Paraná. Marcelinho voltou a tentar em cobrança de falta. Chutou para fora. Edmundo fez boa jogada e tocou para o mesmo Marcelinho. Ele, porém, perdeu a bola para um zagueiro. A partir daí, o time paranaense equilibrou o jogo. Renaldo teve ótima chance. Fábio salvou com os pés. Aí foi a vez do veterano Maurílio comandar a reação do Paraná. Ele, que já tinha marcado o gol de empate, chutou rasteiro. A bola só não entrou porque bateu em Claudemir e saiu para escanteio. Após a cobrança, Renaldo, de meia-bicicleta, quase marcou. Aos 27 minutos, Maurílio cruzou e Cristiano, de cabeça, desempatou. A virada abalou o Vasco. Aos 41 minutos, após cruzamento na área, Fábio falhou no chute de Fabinho e a bola entrou. Aos 45, Fernandinho aproveitou cruzamento de Valentim e deu números finais ao jogo. Ficha Técnica: Vasco: Fábio; Claudemir, Wescley, Wellington Paulo e Edinho; Bruno Lazaroni (Da Silva), Henrique (Danilo), Morais e Marcelinho; Edmundo e Souza (Donizete). Técnico: Antônio Lopes. Paraná: Flávio; Cristiano, Ageu e Goiano; Caio (Valentim), Pierre, Fernando Miguel (Emerson), Marquinhos (Fernandinho) e Fabinho; Maurílio e Renaldo. Técnico: Adílson Batista. Gols: Edmundo aos 7 e Maurílio aos 29 minutos do primeiro tempo. Cristiano aos 27, Fabinho aos 41 e Fernandinho aos 45 minutos do segundo tempo. Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG). Cartão amarelo: Pierre, Bruno Lazaroni, Wellington Paulo, Claudemir, Edmundo, Marcelinho, Fernando Miguel e Flávio. Renda: R$ 51.400,00. Público: 5.140 pagantes. Local: São Januário.

Agencia Estado,

05 de julho de 2003 | 18h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.