Paraná pega o Grêmio no Couto Pereira

Apesar de jogar em Curitiba, o Paraná Clube não poderá utilizar o Estádio Pinheirão, onde vem conseguindo bons resultados, na partida desta quinta-feira, às 20h30, contra o Grêmio. O estádio teve um muro e parte da cobertura derrubados pelos fortes ventos que atingiram Curitiba no fim de semana. Entre as opções apresentadas, o Paraná conseguiu acertar o aluguel do Estádio Couto Pereira. A dificuldade para o time da casa é o desconhecimento do gramado, visto que não foi possível realizar nenhum treinamento no campo do Coritiba. A primeira vitória fora de casa, contra o Vasco da Gama, no sábado, deu mais tranqüilidade aos jogadores. Mas o técnico Adilson Batista voltou a pedir uma atenção especial nos primeiros minutos dos jogos. "Temos um histórico de sair atrás e ter que buscar o resultado", disse. Conhecedor do futebol gremista, Batista prevê um jogo bastante difícil e truncado, em que haverá poucas oportunidades de gol. "Por isso temos que ter atenção e errar o menos possível, principalmente nos primeiros minutos", alertou. O volante Pierre está suspenso e o atacante Renaldo será julgado hoje (09) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Agencia Estado,

09 de julho de 2003 | 16h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.