Paraná preocupado com saída de jogadores

As notícias de que alguns dos principais jogadores do Paraná Clube devem deixar o clube para a próxima temporada tirou um pouco da concentração do time para a partida contra o Vitória, amanhã, às 18 horas, no Estádio Pinheirão, em Curitiba. "São ruins essas especulações, porque o Paraná está na busca de uma vaga para a Sul-Americana", reclamou o técnico Saulo de Freitas. "É coisa mais administrativa, que a diretoria não poderia deixar acontecer, mas estou tentando driblar da melhor maneira possível." O atacante Renaldo já anunciou que vai para a Coréia do Sul defender o Anyang LG Cheetahs. O mesmo clube está interessado no lateral-direito Valentim. O meia Marquinhos deverá se apresentar em janeiro ao Bayer Leverküsen, da Alemanha, que é dona dos direitos federativos, sem saber qual será seu futuro. Outros cinco jogadores têm contrato vencendo no fim do ano e ainda não definiram se continuam.Mas a última partida pelo clube pode dar uma motivação a mais. "Quero deixar meus gols e uma vitória que é importante para o clube", disse Renaldo. O atacante tem 29 gols e espera terminar o campeonato como artilheiro isolado. O atacante Luís Fabiano, do São Paulo, tem os mesmos 29, enquanto Dimba, do Goiás, está com 30. "Temos muitos objetivos e vamos nos sacrificar ao máximo para consegui-los", afirmou.O Paraná depende apenas de si para garantir a vaga à Sul-Americana, objetivo do time depois que as esperanças de chegar à Libertadores foram afastadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.