Paraná pressiona, mas Paysandu empata pela quinta vez seguida

Time paraense segura o 0 a 0 em Curitiba

Estadão Conteúdo

12 de julho de 2016 | 23h37

Já está virando rotina. Nesta terça-feira, o Paysandu não foi vazado, mas o ataque passou em branco novamente. Contra o Paraná, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, o time paraense empatou por 0 a 0 pela quinta vez seguida no Campeonato Brasileiro da Série B e continua em situação delicada. A partida foi válida pela 16.ª rodada. O goleiro Emerson foi o grande destaque da noite, com pelo menos quatro lindas defesas. Ele já está há mais de 900 minutos sem sofrer um gol.

Sem levar gol e perder há nove jogos, o Paysandu vem sendo prejudicado pelo grande número de empates, tanto que, apesar da sequência invicta, é o 13.º colocado, com 20 pontos. Por outro lado, o Paraná desperdiçou mais uma chance de dormir no G4 da Série B e está na quinta colocação com 25 pontos, dois a menos que o Ceará.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado, com o Paraná criando os principais lances de perigo como na finalização de Murilo Rangel, que obrigou uma grande defesa de Emerson. No entanto, o Paysandu não ficou só se defendendo e também teve chances de abrir o placar, mas pegou na hora do chute.

O Paraná voltou do intervalo com muito mais posse de bola e quase abriu o placar com Válber, mas Emerson defendeu a cabeçada no reflexo. Aos 25 minutos, Augusto Recife foi expulso e deixou o Paysandu com um homem a menos. Depois disso, a partida se transformou em ataque contra defesa, mas o time paranaense esbarrou em uma noite inspirada do goleiro adversário. No minuto final, Robert furou com o gol aberto.

O Paraná volta a campo apenas daqui a 10 dias, na sexta-feira da semana que vem, contra o Criciúma, às 19h15, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). No sábado, dia 23, o Paysandu recebe o CRB, às 16 horas, no estádio Mangueirão, em Belém. Os jogos serão válidos pela 17.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 0 x 0 PAYSANDU

PARANÁ - Marcos; Diego Tavares, Leandro Silva, Alisson e Rafael Carioca; Basso, Murilo Rangel, Nadson (Robert) e Válber (Henrique); Lúcio Flávio e Robson. Técnico: Marcelo Martelotte.

PAYSANDU - Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Jhonnatan; Ricardo Capanema (Domingues), Augusto Recife, Lucas e Tiago Luís (Gualberto); Mailson e Alexandro (Rafael Costa). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

CARTÕES AMARELOS - Lúcio Flávio e Nadson (Paraná); Gilvan, Lucas e Mailson (Paysandu).

CARTÃO VERMELHO - Augusto Recife (Paysandu).

ÁRBITRO - Luiz César de Oliveira Magalhães (CE).

RENDA - R$ 42.865,00.

PÚBLICO - 2.303 pagantes.

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.