Paraná proíbe entrevistas de autor de gol de mão

A diretoria do Paraná proibiu o atacante Wellington Silva de conceder entrevistas. O jogador se envolveu em uma grande polêmica no último sábado, quando marcou um gol de mão na vitória do Paraná, por 1 a 0, sobre o Ceará, no Estádio Castelão, em partida válida pela 25.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agencia Estado

21 de setembro de 2009 | 18h04

"Ordens de cima, sabe como é", limitou-se a dizer o superintendente Beto Amorim. "Não tem muito porque ele ficar falando do gol. Isso é coisa do futebol", confirmou o presidente do clube, Aurival Correia.

No intervalo do jogo de sábado, Wellington Silva afirmou que o gol foi de mão, mas que teria sido sem intenção. A ação ilegal do jogador pode levá-lo a ser suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.