Irapitan Costa/Paraná Clube
Irapitan Costa/Paraná Clube

Paraná quer controlar ansiedade para encarar o Corinthians na estreia em casa

Equipe paranaense perdeu para o São Paulo por 1 a 0 na abertura do Brasileirão

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 06h06

A torcida do Paraná vive a ansiedade da estreia no estádio Durival de Britto, em Curitiba. A derrota por 1 a 0 para o São Paulo foi um duro golpe, mas que faz parte do passado. O objetivo agora é vencer o Corinthians, atual campeão do Campeonato Brasileiro, pela segunda rodada. Já na última sexta-feira eram mais de 12 mil ingressos vendidos para uma total disponibilizado de 16.772 entradas para serem comercializadas até a hora da partida, que começará às 11 horas.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

+ Corinthians enfrenta o Paraná fora em busca da 2ª vitória

+ Mais notícias do Campeonato Brasileiro

O Paraná passou quase um mês longe da torcida: o último jogo dentro de casa foi o empate por 1 a 1 com o Londrina, no dia 25 de março, pelo Campeonato Paranaense. Eliminado ainda na primeira fase, o clube passou longos períodos de treino de olho no Brasileirão, aumentando ainda mais a expectativa do torcedor. Recém-promovido da Série B, o time de Curitiba promete brigar para continuar na primeira divisão nacional.

Com uma semana de trabalho, o técnico Rogério Micale promoveu um jogo-treino do time profissional contra o Sub-19, para que os reservas pudessem ganhar ritmo de jogo, mas também para observas as joias da base. Nenhum jogador que foi titular na derrota para o São Paulo começou o jogo de colete, o que pode ser um indício de eu não haverá mudança.

Em tom de mistério, o treinador ainda não revelou quem começa jogando. "Foi uma boa movimentação. É sempre importante esse tipo de atividade para dar ritmo àqueles jogadores que não vêm jogando e também para promover a integração com esses meninos da base", comentou o auxiliar-técnico Ademir Fesan.

O volante Jhonny Lucas voltou a trabalhar e está recuperado de uma lesão na panturrilha. O atacante Carlos, contratado do Atlético Mineiro, já está regularizado e trabalhando normalmente com bola. Ambos devem ser opções no banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.