Paraná tenta confirmar a classificação na Libertadores

Perto da vaga na fase de grupos da Libertadores, o Paraná tenta conter a euforia antes do jogo desta quarta-feira, contra o Cobreloa, a partir das 21h45, no Estádio Durival de Brito, em Curitiba. Como venceu o primeiro jogo, no Chile, por 2 a 0, o time brasileiro pode até perder por um gol de diferença que garante sua classificação inédita em sua história.A certeza da classificação fez a torcida do Paraná comprar todos os 17 mil ingressos que estavam à venda para o jogo desta quarta-feira, sendo que a diretoria do Cobreloa abriu mão das duas mil entradas a que teria direito. Para esta partida, o técnico Zetti deve optar pelo esquema 4-4-2, diferentemente do 3-6-1 com que jogou no Chile. Ele lembra que o Paraná tem uma boa vantagem e que não precisa expor a sua equipe desordenadamente.O maior beneficiado com a nova postura tática é o atacante Josiel, autor de quatro gols em duas partidas. Segundo ele, que fará a dupla de ataque com Henrique, o jogo vai exigir muita responsabilidade e concentração de todos."Devemos manter a calma, atacar sem precipitação, mas queremos também fazer um bom trabalho em campo e aumentar essa vantagem. Será uma oportunidade muito boa que queremos aproveitar", disse Josiel.O goleiro Flávio também confia na classificação histórica. "Estamos a poucos minutos de concretizar um sonho, mas para isso devemos manter a seriedade e respeitar bastante a equipe deles, pois nada está certo até agora, precisamos fazer a nossa parte", afirmou.No Cobreloa, o técnico Gustavo Huerta deve colocar em campo a mesma equipe que terminou a partida na derrota no primeiro jogo com o Paraná.O vencedor do confronto entre Paraná e Cobreloa vai entrar no grupo 5 da Libertadores, ao lado de Flamengo, Real Potosí (Bolívia) e Unión Maracaibo (Venezuela).Ficha técnica:Paraná x CobreloaParaná - Flávio; André Luiz, Neguette, Daniel Marques e Egídio; Beto, Goiano, Dinelson e Gerson; Josiel e Henrique. Técnico: Zetti.Cobreloa - Fernando Hurtado, Víctor Osorio, Luis Fuentes, Cristián Olguín e Rodrigo Pérez, Juan González, Cristián Ríos, Esteban Paredes e José Luis Díaz; Mannara e Lucas Barrios. Técnico: Gustavo Huerta.Árbitro - Antônio Arias (Paraguai). Horário - 21h45. Local - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.