Paraná tenta ?tirar o pé da cova?

O técnico Paulo Campos, que retornou ao Paraná Clube, depois de ser dispensado na 11ª rodada, procurou trabalhar mais o lado psicológico dos jogadores para a partida desta quarta-feira, às 20h30, contra o Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte. "A parte psicológica do grupo está totalmente a zero, está abalada", identificou logo no primeiro contato. "Mas a partir do momento em que readquirir a confiança e o time conseguir bons resultados tudo volta ao normal." Com apenas 23 pontos, o time está na última colocação. "Nós vamos tirar esse pé da cova", prometeu Paulo Campos. "É mais fácil tirar um pé da cova do que entrar com os dois." O Paraná ainda não venceu nenhuma partida fora de casa, mas o técnico não quer que isso influencie as ações dos jogadores. "Não existe tabu, não existe preocupação", afirmou. Paulo Campos fará algumas modificações no time. O lateral-direito Etto dá lugar a Alex Silva, enquanto o volante Beto retorna na posição que era de Messias.

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 17h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.