Paraná vai ter clássico de uma só torcida

Pela primeira vez no futebol brasileiro um clássico regional terá apenas uma torcida. A inédita decisão foi tomada pelas diretorias do Coritiba e Atlético-PR, que jogam neste domingo, às 16 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, em uma reunião realizada na manhã de sexta-feira, em Curitiba.Com a medida, que tenta reduzir a violência nos clássicos regionais, apenas o torcedor do Coritiba, que é o clube mandante do jogo, poderá entrar com a camisa do seu clube. Se algum torcedor atleticano desejar assistir à partida terá que ir ao estádio disfarçado e não encontrará lugar cativo para poder torcer. Na próxima partida entre as duas equipes, apenas os rubro-negros terão acesso ao estádio.O superintendente do Atlético, Alberto Maculan, chegou a pedir, em entrevista à rádio CBN, para sua própria torcida não prestigiar a equipe no estádio e ficar em casa. "Era uma experiência que queríamos fazer e agora decidimos isso".A Coordenadoria Estadual de Proteção ao Consumidor (Procon) paranaense ameaçou intervir no caso, mas disse que irá apenas fiscalizar o cumprimento do Estatuto do Torcedor. "Nós queremos ter o acesso a esse acordo para saber se não fere o direito de ir e vir dos cidadãos", disse Algaci Túlio, coordenador estadual do Procon. Além das diretorias dos dois clubes, a Polícia Militar também participou da polêmica reunião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.