Paraná vence a primeira e deixa Sampaio Corrêa sem triunfos na Série B

O Sampaio Corrêa sofreu a sua terceira derrota em três jogos no Campeonato Brasileiro da Série B, nesta terça-feira à noite, no estádio Castelão, em São Luis, quando caiu diante do Paraná, por 2 a 1. Enquanto o time maranhense continua na lanterna, o paranaense ganha pela primeira vez e ocupa posição intermediária com quatro pontos.

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2016 | 21h26

O visitante começou melhor, tentando explorar a velocidade. Mas o Sampaio Corrêa, dirigido de forma interina por Arlindo Maracanã, equilibrou as ações. Nas tribunas estava Wagner Lopes, contratado para assumir a vaga deixada após a demissão de Petkovic, que perdeu o título estadual para o Moto Club.

Se Pimentinha conseguiu dar movimentação ao time da casa, foi um ex-jogador do Sampaio, o meia Nadson, quem abriu o placar para o Paraná aos 32 minutos. Após receber de Rafael Carioca ele chutou da intermediária. A bola quicou na frente de Ruan e entrou.

No segundo tempo, o time maranhense voltou com mais intensidade. Mesmo sem mostrar eficiência nas finalizações, empatou aos 23 minutos com Felipe Costa, que completou o cruzamento de Pimentinha. Mas aos 37 minutos, o Paraná ficou de novo na frente. Após chute de Nadson, a bola desviou na defesa e sobrou para o chute de virada de Robson.

Depois disso, o Sampaio desceu todo ao ataque, pouco criou e ainda deu chances para os contra-ataques perigosos ao visitante, que poderia ter ampliado o placar, não fossem as chances desperdiçadas por seus atacantes.

No fim de semana, pela quarta rodada, os dois times jogam na sexta-feira à noite. O Paraná vai pegar o Oeste, no estádio Durival de Britto, às 20h30. Já o Sampaio vai até Pernambuco para enfrentar o Náutico às 21h30.

FICHA TÉCNICA:

SAMPAIO CORRÊA 1 X 2 PARANÁ

SAMPAIO CORRÊA - Ruan; Gedeílson, Eli Sabiá, Luiz Otávio e Guilherme Santos; Levi (Léo Gago), Daniel Barros e Pedrinho (Felipe Costa); Edgar, Carlos Alberto (Max) e Pimentinha. Técnico: Arlindo Maracanã (interino).

PARANÁ - Marcos; Diego Tavares, Pitty, João Paulo e Rafael Carioca (Fernandes); Anderson Uchôa, Lucas Otávio, Válber (Basso), Nadson; Robson e Lúcio Flávio (Robert). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Nadson, aos 32 minutos do primeiro tempo. Felipe Costa, aos 23, e Robson, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Antônio Santos Nunes (PI).

CARTÕES AMARELOS - Nadson, Rafael Carioca e Válber (Paraná).

PÚBLICO - 2.148 pagantes (3.401 total).

RENDA - R$ 26.965,00.

LOCAL - Estádio Castelão, em São Luis (MA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.