Paraná vence com gol-relâmpago

Com um gol a 1 minuto de jogo e o resto do tempo apenas se defendendo, o Paraná Clube venceu o Coritiba neste sábado à noite, no Estádio Pinheirão, em Curitiba. Mas não foi suficiente para retirá-lo da zona de rebaixamento. Com 36 pontos, o time paranaense está na 21ª colocação. Já o Coritiba permanece na 11ª colocação, com 48 pontos, cada vez mais distantes dos concorrentes a uma vaga à Copa Libertadores da América, objetivo do clube. ?Não jogamos um futebol bonito, mas temos que louvar a vontade dos jogadores?, analisou o técnico do Paraná, Paulo Campos.O Coritiba foi surpreendido com o gol no início do jogo. A defesa ainda estava se posicionando e deu espaço para Edinho, que fez boa jogada, antes de mandar um chute rasteiro para vencer o goleiro Fernando. Os jogadores coritibanos ficaram durante muito tempo atônitos, tentando assimilar o resultado. Enquanto isso, o Paraná jogava com tranqüilidade, marcando com eficiência os principais jogadores do adversário e não permitindo a organização de jogadas.Em razão disso as principais oportunidades de gol para os dois times foram em cobranças de falta, mas os goleiros prevaleceram. Prevendo que viria um sufoco, no segundo tempo o técnico do Paraná Clube, Paulo Campos, pediu a seus jogadores que jogassem um pouco mais e não se restringissem apenas à marcação. Não adiantou. Os paranistas retrocederam ainda mais e deram espaço ao Coritiba. A pressão foi absoluta em todo o segundo tempo, mas o goleiro Flávio consagrou-se com boas defesas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.