Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Paraná vence Criciúma e se afasta da zona de descenso

O Paraná conquistou sua segunda vitória seguida em casa na Série B do Campeonato Brasileiro. Após derrotar o América-RN, na terça-feira, o time ganhou do Criciúma, por 3 a 1, na noite desta sexta-feira, no Estádio Durival de Britto, pela 28.ª rodada.Com o resultado, o Paraná chegou aos 33 pontos ganhos e subiu para o 12.º lugar, afastando-se da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Criciúma, que tem três pontos a menos, está em queda e fecha a noite em 15.º lugar.No primeiro tempo, o time da casa abriu o placar aos dez minutos, em belo chute de fora da área de Ricardinho. Sete minutos depois, porém, Everton cobrou falta com precisão e empatou. Na etapa final, também aos dez minutos, Giuliano, em bonita jogada, fez o segundo gol dos paranaenses. Aos 24 minutos, Éder bateu falta e colocou números finais na partida.O Paraná volta a campo, na terça-feira, para enfrentar o Vila Nova, em Goiânia. O Criciúma joga somente no sábado, contra o Ceará, em Criciúma.Ficha técnica:Paraná 3 x 1 CriciúmaParaná - Mauro; Murilo, Daniel Marques, Fabrício e Fabinho; Agenor, Pituca, Kleber e Giuliano (Cristiano); Ricardinho (Vagner) e Éder (Pimpão). Técnico: Paulo Comelli.Criciúma - Vinícius; Patric, Wescley, Everton e Mateus; Basílio (Sidney), Coutinho, Canindé (Alexandre Vidal) e Luís André; Luciano Bebê e Jardel (Zulu). Técnico: Paulo Campos.Gols - Ricardinho, aos 10, e Everton, aos 17 minutos do 1.º tempo. Giuliano, aos 10, e Éder, aos 24 minutos do 2.º tempo.Cartões amarelos - Agenor, Fabrício (Paraná); Everton e Sidney (Criciúma).Cartão vermelho - Patric (Criciúma).Árbitro - Almir Belarmino Caetano (RO).Renda e público - Não disponíveis.Local - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

AE, Agencia Estado

26 de setembro de 2008 | 22h42

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BParanáCriciúma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.