Paraná vence duelo pelo G4 contra o Vila Nova e vira vice-líder da Série B

Vitória em casa por 1 a 0 faz paranaenses aguardarem complemento da rodada atrás apenas do líder Internacional

Estadão Conteúdo

24 Outubro 2017 | 23h46

O Paraná encerrou a "sequência da morte" - enfrentou todos dentro do G5 - com vitória para cima do Vila Nova pelo placar de 1 a 0, em partida realizada nesta terça-feira no estádio Durival Britto, em Curitiba, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. De quebra, assumiu a vice-liderança de forma provisória.

+ Juventude e Náutico ficam no 0 a 0 e se complicam

+ Confira a tabela da Série B do Brasileiro

O Paraná tem agora 56 pontos na tabela de classificação, igual ao América-MG, mas leva vantagem no número de vitórias: 16 a 15. O Internacional lidera com 61 e o Ceará é o quarto colocado, com 55. O Vila Nova segue empacado na quinta posição, com 51.

Durante toda a competição, os dois clubes mostraram ter uma defesa sólida e esse foi justamente o ponto forte das equipes neste confronto. Ambos os times buscaram o gol, mas não conseguiram passar pelos "paredões" nos 45 minutos iniciais.

O Paraná, então, recorreu aos chutes de fora da área. Gabriel Dias arriscou de longe para defesa de Luis Carlos, em dois tempos. A resposta do Vila Nova também foi de fora da área. Alan Mineiro soltou o pé para um milagre do goleiro Richard, que impediu que o clube mineiro saísse na frente do marcador.

O jogo seguiu movimentado, mas muito equilibrado, ganhando em emoção apenas no segundo tempo. O Paraná foi para a pressão nos minutos iniciais e desperdiçou boas oportunidades. Em uma delas, o goleiro Luis Carlos saiu para evitar que a bola chegasse nos pés de Alemão.

O Vila Nova se encolheu tentando claramente segurar o resultado, enquanto que o Paraná adiantou a marcação e foi em busca do gol da vitória. Aos 30 minutos, após bola alçada na área, Brunão tentou cortar, mas viu a bola sobrar limpa para Felipe Alves. O atacante dominou com categoria e tocou na saída de Luis Carlos.

Apesar do gol, o time goiano não desistiu e saiu ao ataque. Wallyson foi acionado, recebeu dentro da área e tentou, de cabeça, encobrir Richard, que deu um leve desvio para escanteio. O Vila Nova tentava sufocar o Paraná, mas não conseguiu empatar. Na última chance, Brunão mandou rente à trave.

Na próxima rodada, a 33.ª, o Paraná enfrenta o Oeste na próxima terça-feira, às 21h30, novamente no estádio Durival de Britto. O Vila Nova só volta a campo contra o Paysandu no dia 3 de novembro, uma sexta, às 21h30 (de Brasília), no estádio Mangueirão, em Belém.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1 x 0 VILA NOVA

PARANÁ - Richard; Cristovam, Iago Maidana, Eduardo Brock e Igor; Gabriel Dias, Vinícius Kiss e Renatinho; Vitor Feijão (Giovanny), Alemão (Felipe Alves)(Luiz Otávio) e João Pedro. Técnico: Matheus Costa.

VILA NOVA - Luis Carlos; Maguinho, Bruno Prado, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Geovane, PH (Tiago Adan), Mateus Anderson (Fagner), Alan Mineiro (Wallyson) e Alípio; Lourecy. Técnico: Hemerson Maria.

GOL - Felipe Alves, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Alípio, Maguinho e Gastón Filgueira (Vila Nova).

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

RENDA - R$ 249.205.00.

PÚBLICO - 10.639 pagantes.

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.