Paraná vence Luverdense e quebra jejum de seis jogos

O Paraná quebrou um jejum de seis jogos - quatro empates e duas derrotas - sem vitória ao bater o Luverdense por 2 a 0, neste sábado à noite, no Estádio Passo das Emas, no fechamento da 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado fez os paranaenses ganharem três posições, com 36 pontos, no 13.º lugar, ganhando fôlego na luta contra o descenso. O time do Mato Grosso continua com 37 pontos, em 12.º.

Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2014 | 23h08

Mesmo sem a sua maior estrela, o meia Rubinho que estava suspenso, o Luverdense estreou Rondinelly e armou um esquema ofensivo para cima do Paraná. O técnico Junior Rocha adiantou a marcação, diminuindo os espaços do visitante, que todos sabiam que ficaria na defesa.

Desta forma, o time do Mato Grosso teve duas chances claras. Ambas com participação do estreante da noite. Aos sete minutos, Reinaldo foi até a linha de fundo e rolou para trás para o chute de Rondinelly à queima-roupa. Mas o goleiro Marcos espalmou. Aos 13 minutos, foi a vez de Rondinelly fazer o papel de garçom. Ele lançou Misael nas costas da defesa e o ataque bateu de virada, com força, mas em cima de Marcos que saiu fechando o ângulo.

Na primeira chance na frente, o Paraná fez seu gol. E a bola saiu dos pés do experiente meia Lúcio Flávio, que cobrou falta pelo lado direito e Carlinhos desviou no canto esquerdo do goleiro Gabriel Leite. O gol de mais tranquilidade ao Paraná, que viu o Luverdense atacar na base do desespero e ainda abrir espaços para os contra-ataques.

Mesmo em vantagem no placar, o técnico Ricardinho promoveu duas mudanças no Paraná nos primeiros minutos do segundo tempo. Trocou o cansado Giancarlo pelo jovem Tiago Alves e depois reforçou a marcação com a saída de Edson Sitta e a entrada de Lucas Otávio, mais sangue novo no time. Antes de deixar o campo, Sitta quase ampliou o placar, aos nove minutos. Ele recebeu o passe de Giancarlo e apareceu na frente de Gabriel Leite, que saiu, fechou o ângulo e espalmou.

O Luverdense tentou ir ao ataque, com a saída do volante Washington para a entrada do atacante Samuel. O problema é que, sem ritmo de jogo, Rondinelly não fazia a função de ligação e criação, dando saudade do titular Rubinho. O visitante continuava melhor e criou outra grande chance aos 17 minutos. Henrique Santos enfiou a bola entre as pernas do zagueiro Renato e deu um chute à queima roupa em cima de Gabriel Leite, que fez outra grande defesa.

Mesmo com Léo no ataque no lugar do veterano Reinaldo, o Luverdense não chegou com força. Aos 44 minutos, aconteceu o castigo: o segundo gol. Carlinhos foi lançado em velocidade pelo lado direito, entrou na área e virou para o outro lado para Leandro Vilela dar um toque por cima do goleiro.

Pela 30.ª rodada, o Paraná vai atuar na sexta-feira, às 21h50, em casa, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR), diante do América Mineiro, que não perde há quatro jogos. No sábado à noite, a partir das 21 horas, o Luverdense fecha a rodada, porém, fora de casa e diante do ABC, em Natal (RN).

FICHA TÉCNICA

LUVERDENSE 0 X 2 PARANÁ

LUVERDENSE - Gabriel Leite; Jean Patrick, Renato, Zé Roberto e Paulinho; Júlio Terceiro, Washington (Samuel), Felipe Alves e Rondinelly; Misael e Reinaldo (Lê). Técnico: Junior Rocha.

PARANÁ - Marcos; Ricardinho, Cleiton, Alisson e Paulinho; Jean, Edson Sitta (Lucas Otávio), Lúcio Flávio (Leandro Vilela) e Henrique Santos; Carlinhos e Giancarlo (Tiago Alves). Técnico: Ricardinho.

GOLS - Carlinhos, aos 28 minutos do primeiro tempo. Leandro Vilela, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO).

CARTÕES AMARELOS - Marcos, Ricardinho e Jean (Paraná).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BParanáLuverdense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.