Paraná vence mistão do Santos: 2 a 1

Desentrosado, com um time formado quase que inteiramente por reservas, o Santos estreou mal na Copa Sul-Americana e perdeu por 2 a 1 para o Paraná, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Pinheirão, em Curitiba. Com o resultado, o time paranaense precisa de um empate no jogo da volta, dia 4 de setembro, na Vila Belmiro, para se classificar e enfrentar o Flamengo, na seqüência do torneio. O jogo começou com muitas faltas e pouca criatividade no meio-campo, principalmente do Santos, que escalou sua equipe reserva. O time da casa, lanterna no Campeonato Brasileiro, rondou o gol adversário, mas não concluiu. O primeiro arremate ocorreu apenas aos 20 minutos. Bóvio bateu forte e obrigou Flávio a boa defesa. Mais interessado na partida, o Paraná aproveitou uma falha de Zé Elias para abrir o placar. Na entrada da área, o volante perdeu a bola para Cristian, que tocou para Fernando, livre de marcação, concluir. Com dificuldades para armar jogadas, o Santos só chegou ao empate num lance individual de Marcinho. O garoto arriscou de fora da área e acertou um chute forte no ângulo, sem defesa para Flávio. O Santos subiu de produção na etapa final, mas foi o Paraná que passou à frente do marcador. Edinho cruzou da esquerda e Maranhão completou de cabeça para as redes. William teve duas ótimas chances para empatar, mas falhou nas finalizações.

Agencia Estado,

25 Agosto 2004 | 23h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.