Paraná vence o Goiás por 3 a 1

O Paraná Clube jogou bem apenas o primeiro tempo da partida desta quinta-feira à noite, contra o Goiás, no Estádio Pinheirão, em Curitiba, mas conseguiu vencer por 3 a 1, e colocar-se no quinto lugar na tabela de classificação, com sete pontos. Excessivamente cauteloso no início do jogo, o Goiás soltou-se na etapa final, mas não houve tempo para reverter o placar. O time cai para a penúltima colocação, com apenas dois pontos.O jogo começou muito truncado, com as duas equipes mais preocupadas com a marcação. Mas, aos poucos, o Paraná foi se encorpando no meio-de-campo e em seu ataque, obrigando o Goiás a se fechar ainda mais. Sem espaço para entrar na área goiana, o atacante Caio chutou forte, de longe, aos 17 minutos. O goleiro Harley não conseguiu pegar a bola, que sobrou para Renaldo tocar ao gol.Mesmo inferiorizado no placar, o técnico Candinho manteve seu time na defesa, pensando em explorar o contra-ataque. Mas os jogadores paranistas mostraram inteligência ao fechar os espaços de manobra dos adversários. Numa das tentativas de sair com a bola dominada, aos 23 minutos, a defesa goiana falhou. Caio entrou na área e chutou cruzado para ampliar o placar. O Paraná só não marcou mais, porque o goleiro Harley fez boas defesas.O Goiás voltou com mais força ofensiva para o segundo tempo, dominando totalmente o meio-de-campo paranista.Pressionados, os zagueiros passaram a cometer erros. E foi em um deles que o Goiás chegou ao gol. No cruzamento de Caíco, os defensores atrapalharam-se e a bola sobrou para o zagueiro Fabão marcar seu terceiro gol no campeonato. Quando o time goiano pressionava e criava oportunidades de empatar, foi o Paraná Clube que conseguiu em um contra-ataque marcar seu terceiro gol, por meio de Flávio Guilherme, aos 37 minutos, decretando a vitória. Ficha Técnica - Paraná 3 x 1 Goiás. Gols - Renaldo aos 17, Caio aos 23 minutos do primeiro tempo; Fabão aos 20 e Flávio Guilherme aos 35 do segundo. Paraná Clube - Flávio; Milton, Cristiano Ávalos, Ageu e Fabinho; Marquinhos (Émerson), Goiano, Fernando Miguel e Fernandinho (Everton); Caio e Renaldo (Flávio Guilherme). Técnico - Cuca. Goiás - Harley; Gaúcho, Fabão, Alexandre e Marcinho (João Paulo); Thiago (Vando), Caíco, Josué e Danilo; Dimba e Araújo.Técnico - Candinho. Juiz - Alexandre Lourenço Barreto (RS).Cartão amarelo - Marcinho, Dimba, João Paulo, Josué, Marquinhos, Fabinho e Fernando Miguel. Renda - não divulgada. Público - não divulgado. Local - Estádio Pinheirão, em Curitiba.classificação

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.