Paraná vence Real Potosí e mantém a liderança do Grupo 5

Com uma bela apresentação do meia Dinelson, o Paraná venceu o Real Potosí por 2 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba, e segue na liderança do Grupo 5 da Libertadores, com seis pontos em dois jogos disputados. O próximo confronto do time no torneio será contra o Flamengo, dia 14 de março.Dinelson, ex-Corinthians, criou boas chances para seus companheiros, fez o cruzamento de um dos gols e marcou o outro. "Fico feliz, mas não quero honras para mim, mas para o grupo que deu alegria à torcida", disse o jogador.Empurrado pela torcida, o Paraná foi ao ataque desde o primeiro minuto do jogo e ainda foi ajudado pelos jogadores do Real Potosí, que não faziam uma marcação eficiente. Chegando atrasado nos lances, os bolivianos abusavam das faltas. E, com espaço para trabalhar a bola, o time da casa chegava constantemente na área adversária. As chances de gol eram criadas, mas eram desperdiçadas.O Real Potosí dava demonstrações de que o empate o satisfazia. Somente aos 30 minutos os jogadores do meio-de-campo decidiram também armar jogadas ofensivas para o entusiasmo de seis torcedores com a bandeira da Bolívia no estádio em Curitiba. Mas foi por pouco tempo. O Paraná sentiu o perigo e começou a trocar passes rápidos, obrigando os jogadores bolivianos a recuarem. O Real Potosí voltou ainda mais defensivo no segundo tempo. Os jogadores mantinham-se em seu campo, aguardando alguma falha adversária para armar os contra-ataques. Mas o Paraná estava bem postado em campo e não dava espaço.A expulsão de Marco Paz, aos 15 minutos, abriu o time boliviano. E o Paraná aproveitou-se. Dois minutos depois, o meia Dinelson, que já era o melhor jogador em campo, fez jogada individual e, da entrada da área, chutou para fazer 1 a 0. Aos 27, Dinelson apareceu novamente. Ele cobrou um escanteio na cabeça de Daniel Marques, que fez o segundo gol da vitória.Ficha técnica:Paraná Clube - Flávio; André Luiz, Daniel Marques, João Paulo e Egídio; Goiano (Vinicius Pacheco), Beto, Gerson e Dinelson (Joelson); Henrique (Xaves) e Josiel. Técnico: Zetti.Real Potosí - Burtovoy; Gatty Ribeiro, Rodriguez, Amador e Colque; Suarez, Marco Paz, Claustro e Pena; Edu Monteiro e Líder Paz (Brandon). Técnico: Félix Berdeja.Gols - Dinelson, aos 17, e Daniel Marques, aos 27 minutos do segundo tempo. Árbitro - Saúl Laverni (Argentina). Cartões amarelos - Amador, Gatty, Marco Paz, Beto, Egídio, Daniel Marques e Gerson. Cartão vermelho - Marco Paz. Renda - R$ 182.100,00. Público - 10.513 pagantes. Local - Estádio Durival de Britto, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.