Paranaense define últimos classificados para 2.ª fase

O Campeonato Paranaense tem nesta quarta-feira a última rodada da fase classificatória, que definirá mais quatro classificados para o octogonal decisivo e também os três clubes que serão rebaixados para a segunda divisão no próximo ano.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 07h06

Com Atlético e Coritiba já classificados, o jogo entre Paraná e Iguaçu, às 21h45, no Estádio Durival Britto, é uma das principais atrações. O Paraná está na sétima colocação, com 17 pontos, e classifica-se com uma vitória, mas corre riscos se houver empate. Seu adversário precisa da vitória para fugir do rebaixamento.

Também arriscado a disputar a segunda divisão está o Londrina, um dos clubes mais tradicionais do Estado. Na última colocação, precisa vencer o Coritiba e torcer por uma combinação de resultados. "O que a gente não fez no campeonato inteiro vai ter que fazer em 90 minutos", resumiu o zagueiro Borges.

Ambos com 15 pontos, Foz do Iguaçu e Toledo fazem um confronto que pode mandar um para o rebaixamento e o outro para a segunda fase. O Cascavel também tem 15 pontos e pode cair para a segunda divisão se não vencer o Paranavaí, que está na sexta colocação, com 18 pontos, e precisa do resultado para não correr riscos na classificação para a próxima fase.

Ao Cianorte, com 19 pontos, basta um empate contra o Iraty, que tem 17, para se garantir no octogonal - o adversário precisa vencer se quiser continuar na briga pelo título. Já o Engenheiro Beltrão, na 10ª colocação, tem que vencer o Atlético, na Arena da Baixada, em Curitiba, e torcer por alguns resultados que o beneficiem. O Atlético garante o primeiro lugar e dois pontos extras com um empate.

Nacional e J.Malucelli, respectivamente terceiro e quarto colocados, já estão classificados e fazem um duelo apenas para ver quem estará à frente na tabela. O Rio Branco, oitavo, com 17 pontos, folga na rodada e fica apenas torcendo por uma combinação de resultados que ainda pode garanti-lo no octogonal final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.