Érico Leonan/Divulgação
Érico Leonan/Divulgação

Parceria formada no Catar vira pilar de bom momento do São Paulo

Treinador Diego Aguirre e atacante Nenê começaram relação de confiança no Oriente Médio, onde trabalharam em 2014

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

28 de maio de 2018 | 07h00

O atacante Nenê, do São Paulo, comemorou neste domingo a atuação, a vitória do time e o seu rejuvenescimento. Aos 36 anos, o jogador foi decisivo com dois gols nos 3 a 1 sobre o América-MG, pelo Campeonato Brasileiro, em Belo Horizonte, e elogiou a fase vivida na carreira. Apesar de veterano, ele tem se destacado no time e não sofre com problemas físicos.

+ Nenê vibra com fase: 'É como se tivesse 25 anos'

+ Tabela do Campeonato Brasileiro 2018

O jogador atuou até agora em todas as partidas do São Paulo sob o comando do técnico Diego Aguirre. "Eu fico muito feliz de poder retribuir dessa maneira. É como se eu tivesse 25 anos. Não estou sentindo nada nos jogos, nem o peso, nem o cansaço físico dessa sequência de jogos", afirmou Nenê em entrevista ao canal Premiere. O jogador completa 37 anos em julho.

Contra o América-MG ele participou da jogada da primeiro gol, marcado por Diego Souza, converteu o pênalti do segundo e cobrou a falta do terceiro. O resultado foi a primeira vitória do São Paulo fora de casa no Campeonato Brasileiro, manteve a equipe como a única invicta da competição e levou o time ainda ao quarto lugar, um ponto atrás do Flamengo. 

"Os resultados foram bons nesse aspecto. A gente falava que poderia ficar em terceiro ou quarto na rodada. Ainda temos muito que melhorar. Mas estamos no caminho certo", disse Nenê. "Fico feliz não só pelos gols, mas pela importância do jogo. Não tínhamos ganho fora ainda e estamos só um ponto atrás do líder", completou.

O São Paulo volta aos treinos na tarde desta segunda-feira e tem como próximo compromisso o Botafogo, quarta-feira, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O jogo seguinte será o clássico de sábado contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.