Reuters
Reuters

Paris Saint-Germain rescinde contrato do atacante espanhol Jesé Rodríguez

Atacante formado na base do Real Madrid tinha contrato até junho de 2021, mas não estava nos planos de Thomas Tuchel

Redação, Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2020 | 09h58

O Paris Saint-Germain oficializou a rescisão do contrato do atacante Jesé Rodríguez. O jogador espanhol, formado nas categorias de base do Real Madrid, tinha contrato até junho de 2021, mas atuou em apenas dois jogos nesta temporada e não estava nos planos do técnico Thomas Tuchel.

"O Paris Saint-Germain e Jesé chegaram a um acordo para encerrar o contrato com o jogador, que expiraria em 30 de junho de 2021. O clube deseja a Jesé o melhor no restante de sua carreira profissional", comunicou o PSG em nota divulgada neste domingo.

Jesé Rodríguez foi contratado pelo PSG em agosto de 2016, por 25 milhões de euros (R$ 156 milhões, na cotação atual). Na primeira temporada na equipe, o espanhol disputou 14 jogos e marcou dois gols. Mas depois disso foi emprestado quatro vezes, para o Las Palmas, Stoke City, Betis e Sporting, e nunca conseguiu se firmar no time francês.

Em toda a sua passagem apagada em Paris, Jesé jogou apenas 18 partidas. Nesta temporada, esteve em campo duas vezes, na derrota contra o Lens, por 1 a 0, e na goleada sobre o Nimes, por 4 a 0. Somando os dois duelos, ele atuou por apenas 22 minutos.

O jogador, de 27 anos, fez parte das conquistas de uma Copa da França (2016/17), uma Supercopa da França (2017) e uma edição do Campeonato Francês (2019/20). De acordo com a imprensa espanhola, Jesé Rodríguez recebia na França um salário de 420 mil euros por mês (cerca de R$ 2,6 milhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.