Parma é campeão da Copa da Itália

O Parma conquistou a Copa da Itália ao vencer a Juventus, em casa, por 1 a 0, gol do lateral-esquerdo Júnior, convocado por Luiz Felipe Scolari para defender o Brasil na Copa do Mundo. O time carimbou a faixa de campeã italiana da Juventus. A vitória salvou uma temporada medíocre. A equipe de Parma correu o risco de ser rebaixado para a Série B da Itália, mas acabou em 10º lugar e classificado para a Copa da Uefa.A equipe de Parma foi beneficiada pelo critério de gols marcados fora de casa, já que no jogo de ida perdeu em Turim por 2 a 1. A Juventus poupou alguns dos principais jogadores. O goleiro Taffarel também jogou pelo Parma."Foi uma bênção de Deus. Em um ano ruim nos despedimos ganhando dos campeões italianos. Nossa alegria maior é dar felicidade à torcida que nos apoiou. Ela merece", disse Taffarel."Depois de uma temporada medíocre por causa das contusões e mudanças de treinador, podemos vencer uma partida que nos deu a Copa da Itália. Foi um prêmio para o nosso time. Jogamos mal o ano todo, mas nas finais fizemos duas partidas com bom rendimento", declarou o zagueiro argentino Sensini, o estrangeiro que está há mais tempo na Liga Italiana - estreou na temporada 1989/1990, pela Udinese, e teve passagem pela Lazio.Uma forte chuva caiu no estádio Ennio Tardini, que recebeu cerca de 26 mil torcedores. Aos três minutos de jogo, o lateral Júnior marcou o único gol da partida em um chute cruzado da esquerda, que passou por toda defesa da Juventus. O goleiro uruguaio Carini, substituto de Buffon, nada pôde fazer.Mesmo com a vantagem no placar, o Parma continuou pressionando. Aos sete minutos, o zagueiro argentino Sensini quase marcou o segundo, em uma cabeçada defendida por Carini. O Parma soube neutralizar as principais jogadas do adversário, que não conseguia chegar ao gol de Taffarel.No segundo tempo, o Parma voltou com o mesmo ritmo. Logo aos cinco minutos, Marco Di Vaio quase ampliou a vantagem. Um minuto depois, em um contra-ataque, o atacante uruguaio Zalayeta teve boa chance de empatar a partida. No intervalo, Marcello Lippi, técnico da Juventus, começou a mexer em sua equipe. Colocou o atacante Alessandro Del Piero em lugar de Birindelli. Aos 10 minutos, o francês Trezeguet substituiu Nicola Amoruso. As alterações não deram resultado e o time foi derrotado.A boa notícia para a Juventus foi a volta do atacante chileno Marcelo Salas, que não jogava havia seis meses por causa de uma contusão nos ligamentos do joelho direito. Ele entrou aos 27 da segunda etapa, no lugar de Zalayeta.Foi o primeiro título de Júnior na Itália, e mais um para a coleção de Taffarel, de 36 anos.A temporada italiana será reaberta no dia 25 de agosto, com a disputa da Supercopa Italiana entre Juventus e Parma. O Italiano 2002/2003 começará no dia 1º de setembro. O jogo desta sexta-feira foi o último do goleiro Carini pela Juventus. Depois da Copa do Mundo pelo Uruguai, ele será emprestado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.