Parreira acompanha Ronaldo de perto

O técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, disse que ficou satisfeito ao ver Ronaldo em ação pelo Real Madrid, no jogo desta quarta-feira com o Bétis, numa prova de que o atacante já está recuperado de contusão que o deixou fora do time no fim de semana. Parreira evitou fazer uma análise detalhada das últimas atuações do atacante, incluindo a desta quarta, reconhecendo, porém, que Ronaldo não está muito bem fisicamente. "Até o jogo do Brasil com o Peru, dia 27, o Real Madrid tem mais quatro compromissos. Espero que ele participe de todos para se apresentar à seleção bem próximo de sua forma física ideal", disse o treinador.Parreira comentou que Ronaldo, por ser um "fenômeno", chama a atenção da imprensa mundial com facilidade. "Polemizaram com ele antes, por estar gordo. Depois, porque estava se separando. Agora é por que casou. Vai ser sempre assim. Ele é o ponto de referência." Apesar da observação, Parreira admitiu que Ronaldo teve algum desgaste em torno do casamento realizado no Castelo de Chantilly, em Paris. "Foi preciso um deslocamento, a semana de treinos esteve afetada. Mas isso tudo ele recupera logo."Para o técnico da seleção, Ronaldo não está passando por nenhuma crise, apenas por uma fase com alguns obstáculos. "O interesse nosso, da seleção, é que ele treine e jogue. Aliás, jogar é o que o Ronaldo mais gosta." Para o confronto com o Peru, dia 27, e com o Uruguai, três dias depois, ambos pelas Eliminatórias da Copa, Parreira anunciará a lista dos convocados na sexta-feira da próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.