Parreira adia chegada à África do Sul para sexta-feira

O técnico brasileiro Carlos Alberto Parreira adiou a sua apresentação oficial à África do Sul. Inicialmente prevista para esta terça-feira, a chegada do treinador à capital Johanesburgo só acontecerá na próxima sexta, segundo informações de fontes oficiais da seleção.O diretor-executivo da Federação de Futebol da África do Sul (SAFA), Raymond Hack, disse que o treinador sairá do Rio de Janeiro nesta quarta-feira, fará uma escala em São Paulo e só chegará a Johanesburgo na sexta pela manhã.Na próxima semana, acrescentou Hack, Parreira se reunirá com autoridades da SAFA para programar uma concentração da seleção no dia 7 de fevereiro. Ele vai ser apresentado oficialmente a um grupo de 30 jogadores. O primeiro contato deverá durar três dias.O treinador foi contratado em 16 de agosto para dirigir a seleção sul-africana, já que o país será a sede da próxima Copa do Mundo, em 2010, e quer desempenhar um bom papel. Parreira, que dirigiu o Brasil no Mundial da Alemanha, no ano passado, levará Jairo Leal como um de seus auxiliares.A estréia do novo técnico será no jogo entre África do Sul e Chade, em Ndjamena, dia 24 ou 25 de março, pela fase classificatória da Copa dasAfricana de Nações. Parreira é o 14.º treinador da África do Sul desde 1992, quando aseleção começou a disputar competições internacionais após o fim doregime do apartheid.O valor do contrato de Parreira, que tem duração de 46 meses, tem provocado polêmica na África do Sul. Ele receberá US$ 257 mil por mês, mais que o salárioanual do presidente Thabo Mbeki.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.