Parreira chega e prevê dificuldades

Tranqüilo, o técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, elogiou a atuação da equipe na derrota de sábado para Portugal, por 2 a 1, e, pelas observações que pôde fazer, considerou ter sido este seu primeiro confronto à frente do time, durante o desembarque no início da manhã desta segunda-feira no Aeroporto Internacional Tom Jobim. Sobre o México, próximo adversário da seleção no dia 30 de abril, Parreira já previu mais dificuldades, em virtude do pouco tempo disponível para treinar a equipe.Sobre a possibilidade de enfrentar a Argentina no dia 21 de maio, na inauguração de um estádio em La Plata, Parreira explicou que esta seria mais uma boa oportunidade de trabalhar com a seleção, mas ela seria formada somente por atletas que atuam em clubes brasileiros. O convite para a realização desta partida foi feito pelo presidente da Associação de Futebol da Argentina (AFA), Julio Grandona, ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, que já se mostrou propenso a aceitá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.