Parreira compara jogo de domingo com duelo Jacaré x Urso

O técnico Carlos Alberto Parreira utilizou uma metáfora para explicar como ele acredita que será a partida Brasil x Austrália, neste domingo, em Munique, na Alemanha. Será um duelo como o da história entre um jacaré e um urso. "Quem ganha a luta entre os dois? Isso depende de onde for a luta. Se for na água, é claro que será o jacaré. Se for na terra, será o urso. Para nós é a mesma coisa, vai ganhar o jogo quem conseguir se impor. Os dois times (Brasil e Austrália) tem estilo de jogo diferentes."Para conseguir superar o adversário, Parreira acredita que os jogadores terão que jogar "cada vez mais como o futebol brasileiro". "Tem que ter iniciativa, paciência e velocidade, buscando escapar da marcação adversária, fugindo do contato físico." A vitória neste domingo no Allianz Arena é considerada fundamental para o técnico brasileiro. "É importante garantir a classificação, para isso precisamos vencer. Temos que jogar melhor do que a outra vez". E reforçou que o atacante Ronaldo segue no time pela sua história. "Minha insistência pelo Ronaldo é pelo que ele representa para o Brasil e o Mundo, é um jogador que têm passado.Sem surpresaNeste sábado o técnico comentou o desempenho da Argentina, que na sexta goleou por 6 a 0 a Sérvia e Montenegro. Para ele, está tudo dentro do previsto. "Não foi surpresa, já esperava isso (da Argentina). Teve um jogo de alta qualidade e se impôs. E fez gols belíssimos, sendo que o segundo foi o mais bonito da Copa (o da tabelinha) e não acredito que tenha outro que vá superá-lo."Sobre a força do adversário e se o arqui-rival pode ter problemas no futuro na Copa do Mundo, Parreira fica no muro. "A Argentina chegou quietinha e agora as atenções estão voltadas para ela, talvez sintam a pressão."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.