Parreira confirma Luizão no ataque

Parreira estava esperançoso em poder contar no treino desta sexta-feira com os três jogadores do Corinthians convocados para a seleção brasileira. No entanto, teve de se conformar apenas com o goleiro Dida e o lateral-esquerdo Kléber. O artilheiro Luizão, o mais aguardado, foi liberado para um compromisso no Rio. Foi o lançamento da nova camisa da seleção brasileira. "Mas ele (Luizão) vai se apresentar no sábado e jogará contra o Jundiaí", garantiu o treinador corintiano, referindo-se ao jogo de domingo, às 16 horas, em Piracicaba, pelo Torneio Rio-São Paulo.Depois da derrota por 1 a 0 para o Santos, o retorno do atacante é a grande esperança para corrigir o principal erro cometido na Vila Belmiro: a finalização. "Nós jogamos bem, sobretudo no primeiro tempo, criamos boas oportunidades mas não fizemos os gols", analisou Parreira."Então é claro que um jogador com bom poder de finalização é essencial nesse momento." Se por um lado a volta de Luizão serviu como um alívio para a equipe, por outro todos já começaram a se preocupar com um detalhe: o estado do gramado do Estádio Barão de Serra Negra. Segundo o volante Fabrício, que conhece bem o local, o maior problema são os buracos. "É, de fato é meio complicado, tem muita irregularidade", disse o atleta.Diante dessas dificuldades, Parreira orientou seu time a reduzir os espaços do adversário. "O Jundiaí é uma equipe muito rápida. Se o gramado já não é grande coisa, temos de apertar na marcação e evitar o toque de bolas deles", explicou.Os ingressos para a partida começam a ser vendidos neste sábado no estádio piracicabano e no Parque São Jorge, das 9 horas às 18 horas. Os preços são os seguintes: cadeira coberta R$ 20,00, cadeira simples R$ 15,00 e arquibancada R$ 10,00.Ausência - O treinador do Corinthians confirmou nesta sexta-feira que no dia 14 terá de viajar para Atlanta, nos Estados Unidos. Lá, vai participar de um congresso de técnicos norte-americanos. O retorno está marcado para Domingo, dia 17.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.