Parreira consulta Zagallo para convocar

O treinador Carlos Alberto Parreira fez questão de ouvir o coordenador-técnico Zagallo antes de fechar a lista dos 22 convocados para os jogos da seleção brasileira com Paraguai, no dia 5 de junho, em Porto Alegre, e Argentina, no dia 8, em Buenos Aires. Nesta quinta-feira, às 15 horas, na sede da CBF, no Rio, ele anuncia os escolhidos para esses dois confrontos pelas Eliminatórias da Copa.Para isso, Parreira esteve no Hospital Samaritano, no Rio, onde Zagallo está internado desde o começo do mês - chegou a passar por uma cirurgia para desobstrução do duodeno na semana passada."Foi uma surpresa que me deixou muito feliz. Já estava com saudade do ambiente de seleção. Deu para sentir o gosto da minha volta", disse Zagallo, após a reunião de trabalho em pleno hospital com Parreira e o supervisor da seleção, Américo Faria.De acordo com Parreira, a lista não terá novidades. Ele disse que são cada vez mais amplas as opções para a seleção, ressaltando que existem pelo menos três ou quatro convocáveis por posição.O técnico também fez uma análise da situação do Brasil nas Eliminatórias. "Faltam cinco jogos (Paraguai, Argentina, Chile, Bolívia e Venezuela) para entrarmos na Copa. Mas acredito que se ganharmos um dos dois próximos, mais uma combinação de resultados de outras seleções, e estaremos garantidos", afirmou Parreira.Depois dessas partidas contra Paraguai e Argentina, a seleção brasileira parte logo em seguida para a Alemanha, onde disputará a Copa das Confederações - a estréia é no dia 16 de junho, contra a Grécia. "Como será a equipe que vem atuando nas Eliminatórias e muitos jogadores estarão cansados por causa do término da disputa de seus campeonatos nacionais, terei que dosar bem os treinamentos?, explicou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.