Parreira convoca também um terapeuta

A seleção brasileira ganhou um reforço psicológico para os próximos dois jogos das Eliminatórias, que podem garantir a classificação da equipe para a Copa do Mundo de 2006. O terapeuta motivacional Evandro Motta dá palestra para o grupo, na noite desta quinta-feira, a pedido do técnico Carlos Alberto Parreira. O tema: a importância de se saber separar as diferentes atividades.Evandro Motta foi convidado justamente por sua experiência com o futebol. Já participou de trabalhos com a seleção nas Copas de 94 e 98, além de auxiliar treinadores badalados, como Luiz Felipe Scolari e Levir Culpi. Parreira chamou-o para ajudá-lo a conversar com os jogadores.A preocupação de Parreira é com a dificuldade dos jogadores de deixarem de lado as questões do clube, de transferências e de competições quando estão na seleção."O jogador não pode trabalhar em mono, tem de trabalhar em estéreo", brincou o técnico. "É importante mudar a chave e saber separar a Copa da Itália, o Campeonato Espanhol, o clube da seleção."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.