Parreira convocará em 15 de maio a seleção para Copa

O técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, desembarcou ontem no Aeroporto Internacional Tom Jobim, depois de participar na Alemanha do Seminário dos treinadores presentes à Copa do Mundo. Se mostrou satisfeito com o encontro e, apesar de ter assinado o pedido de adiamento na entrega dos nomes dos atletas que representarão os países, assegurou que a lista final do Brasil será conhecida no dia 15 de maio.?Para nós não vai mudar nada. Fomos apenas solidários aos demais treinadores. Iremos fazer nossa convocação final no dia 15 de maio?, disse Parreira. ?E acho até que eles vão mudar porque houve uma pressão forte dos treinadores. É só uma questão de retardar 15 dias. Deixar entregar no dia 31 de maio ou 1º de junho.? Parreira ainda comentou a recomendação feita pelo Departamento de Arbitragem da Fifa, que se mostrou rigoroso quanto ao comportamento dos atletas em campo, principalmente, com o objetivo de coibir a violência.De acordo com o treinador, os árbitros receberão instruções para que apliquem punições em lances como o agarra-agarra dentro da área, simulações de faltas ou pênaltis e cotoveladas.Ainda sobre a má fase do atacante Ronaldo, Parreira voltou a defendê-lo das críticas recebidas e não se mostrou preocupado com a forma do artilheiro na Copa do Mundo. Frisou que não foi a primeira vez que o atleta foi ?supercriticado? e, por isso, já está acostumado a esses períodos de contestações.?Ronaldo sempre foi forte e sabe navegar bem nessas águas violentas. Ele sempre será notícia, até quando parar de jogar futebol?, salientou Parreira. ?Isso já não nos assusta mais. O problema do Real Madrid não é só o Ronaldo. É uma equipe que tem bons jogadores, mas há três, quatro anos não se encontra dentro do campo. Como é o jogador de mais nome, é o mais cobrado.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.