Parreira decide mudar meio time

O técnico Carlos Alberto Parreira vai mesmo fazer modificações na Seleção para a partida contra o Japão depois da derrota para o México na Copa das Confederações, na Alemanha. Mas agora não serão mais três ou quatro jogadores, como ele disse no domingo, mas sim seis mudanças na equipe.Parreira disse que assume os riscos de entrar em campo com reservas."E quem garante que a Seleção vai se classificar jogando com este mesmo time?", perguntou Parreira aos jornalistas quando foi questionado se ele não temia a desclassificação."Ninguém garante nada. São riscos e desafios que precisamos assumir. Se fosse uma Copa do Mundo não teria feito isso. Assumo a responsabilidade", completou o técnico.Parreira disse ainda que é fundamental tentar fazer com que o meio-campo jogue pelas laterais."O time tem a tendência de afunilar muito pelo meio com Kaká, Robinho e Ronaldinho. O time precisa mudar", finalizou.Sobre as modificações para a próxima partida, Parreira disse que pode tirar Ronaldinho e Kaká da equipe, com o objetivo de testar novos jogadores.O técnico da Seleção fala até mesmo em testar o goleiro Marcos e dar chances aos laterais que ainda não atuaram."Cicinho e Gilberto já foram testados. Já sabemos o que eles podem fazer", comentou o treinador.Entre os jogadores cotados para entrar na equipe estão o goleiro Marcos, Léo, do Santos, e Gilberto Silva, do Arsenal, que estava nove meses afastado da Seleção se recuperando de uma contusão.No final da tarde desta segunda-feira, Parreira vai fazer um treino com os jogadores reservas no estádio Bay Arena, do Bayern Leverkussen, em Leverkussen.O Brasil enfrenta o Japão pela Copa das Confederações na quarta-feira, em Colônia, na Alemanha.Para o Brasil chegar em primeiro no grupo B vai ser preciso vencer o Japão e torcer para que a Grécia vença o México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.