Parreira desiste da carreira de treinador

Carlos Alberto Parreira anunciou nesta quarta-feira que não será mais técnico. Ele pretende continuar no futebol, mas em outras funções, sem especificar claramente qual seria este novo cargo. A informação foi dada nesta quarta-feira à noite pelo "Jornal Nacional", da TV Globo.

AE, Agência Estado

22 de dezembro de 2010 | 21h56

Em 2010, Parreira recusou convites do Flamengo, do Corinthians e da seleção do Chile, dizendo que só pensaria em atuar novamente como treinador no ano seguinte, mas desistiu da ideia, resolvendo assim antecipar a sua aposentadoria na função.

Em 43 anos de carreira, Parreira participou de oito Copas do Mundo, atuando desde auxiliar de preparação física (na Copa do México, em 1970) até a conquista da Copa do Mundo em 1994, como técnico da seleção brasileira. No último Mundial, disputado neste ano, ele comandou a África do Sul.

Parreira também teve importantes conquistas em times brasileiros, com destaque para o Fluminense (Campeonato Brasileiro de 1984) e o Corinthians (Copa do Brasil e Torneio Rio-São Paulo em 2002).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.