Parreira deve escalar time misto contra o Boavista

O técnico Carlos Alberto Parreira deve escalar um time misto do Fluminense na partida contra o Boavista, na quinta-feira, no Maracanã, pela sétima rodada da Taça Rio. Nesta terça-feira, o treinador comandou um coletivo em que testou uma equipe com oito modificações, e o time deve ser mantido para a partida.

AE, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 12h46

Os únicos titulares que devem entrar em campo são os laterais Mariano e Leandro e o goleiro Fernando Henrique. Depois do coletivo, os jogadores participaram de um treino tático de ataque contra defesa. Fred, Leandro Bomfim e Leandro Domingues fizeram uma trabalho na lateral do campo com os fisioterapeutas.

O time titular no coletivo desta terça foi formado com Fernando Henrique, Mariano, Digão, Cássio e Leandro; Wellington Monteiro, Maurício, Marquinho e Tartá; Maicon e Roger. Fabinho foi dispensado da atividade para ir ao oftalmologista. Com isso, o volante pode ganhar oportunidade no treino de quarta, e ainda luta por uma vaga na equipe que enfrenta o Boavista.

O Fluminense tem 100% de aproveitamento na Taça Rio, com 18 pontos em seis partidas, e já está classificado para as semifinais. O clube está em segundo lugar devido ao saldo de gols - o Vasco, também com 18 pontos, tem 12 gols de saldo, contra nove do time das Laranjeiras.

Mais conteúdo sobre:
futebolFluminenseParreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.