Parreira é absolvido em julgamento no TJD-RJ

O técnico Carlos Alberto Parreira foi absolvido nesta quinta-feira em julgamento realizado no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ). Ele foi denunciado por ter invadido o gramado durante a partida entre Fluminense e Boavista, pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 20h12

Por conta disso, Parreira foi denunciado no artigo 274 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), com pena entre 120 e 720 dias. Já o zagueiro Digão, expulso no segundo tempo da partida, foi julgado no artigo 250 (praticar ato desleal ou inconveniente) do CBJD e suspenso por duas partidas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseTJD-RJParreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.