Parreira e Eurico representam opostos

Todo jornalista sabe como o trabalho fica difícil quando precisa escrever uma reportagem e não consegue falar com a figura principal da história, muitas vezes porque ela não dá importância ao trabalho do profissional ou ao interesse do leitor, ouvinte ou espectador. Por outro lado, todo repórter sabe o valor daqueles que encontram alguns minutos para esclarecer uma dúvida ou dar uma opinião sobre um tema, melhorando a qualidade do material a ser divulgado.Este ano, o Estado pediu aos jornalistas que também apontassem um atleta, um treinador e um dirigente considerados como referência positiva e negativa no relacionamento com a imprensa.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.