Parreira e Zagallo criticam Palmeiras

O técnico Carlos Alberto Parreira e o coordenador da seleção, Zagallo, criticaram no embarque para Guadalajara o Palmeiras pelo fato de o goleiro Marcos ter atuado contra o Brasiliense, no sábado, um dia depois de o clube ter solicitado sua dispensa da seleção, sob alegação de que o atleta estava com bronquite. ?Foi muito estranho o que aconteceu?, disse Parreira, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, antes da viagem para o México.Zagallo foi mais contundente. Disse que quem desconvocou Marcos foi o Palmeiras. Ele afirmou que é preciso ter amor à camisa da seleção, numa frase que soou como dúbia. Não ficou claro se fazia referência ao Palmeiras ou ao goleiro. A seleção desembarca na cidade mexicana às 18h30 desta segunda-feira e faz na terça-feira à tarde um treino de reconhecimento para o amistoso contra o México, quarta, às 22 horas de Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.