Parreira fala em ?superfavoritismo?

Um dia depois da vitória por 3 a 0 sobre a Venezuela, resultado que garantiu ao Brasil o primeiro lugar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006, o técnico Carlos Alberto Parreira admitiu que a Seleção passou a ser ?superfavorita? ao título na Alemanha. Além de fechar as Eliminatórias em primeiro, o Brasil é o atual campeão mundial (em 2002), foi campeão da Copa América (2004) e campeão da Copa das Confederações (2005).?Com todas essas conquistas, o Brasil passou a ser superfavorito. Teremos de aprender a trabalhar com isso de forma positiva?, disse o treinador, ao desembarcar nesta quinta-feira no Rio de Janeiro.Parreira lembrou que se o Uruguai conseguir a classificação na respescagem contra a Austrália, a Copa da Alemanha terá a presença de todos os campeões mundiais e, por conta disso, poderá se transformar no mais difícil torneio dos últimos tempos.?Um Mundial que será disputado na Europa e terá todos os campeões em seu melhor nível, será muito difícil?, afirmou o técnico, que aponta a Itália, Alemanha, Holanda e Argentina, como os concorrentes diretos do Brasil.

Agencia Estado,

13 de outubro de 2005 | 12h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.