Parreira garante a vaga de Ronaldo

Aqueles que se animaram com a exibição de Luís Fabiano, autor de dois gols na vitória do Brasil por 4 a 1 contra a Hungria, terão de esperar um pouco mais. O técnico Carlos Alberto Parreira disse nesta quarta-feira, depois do amistoso em Budapeste, que Ronaldo continua como titular inquestionável da seleção brasileira. Mas o artilheiro do São Paulo recebeu elogios protocolares de Parreira. "Me agradou o que fez LuÍs Fabiano, marcou dois gols, que é a sua característica. Mas o Ronaldo continua sendo titular da equipe. Só não vai ser se estiver machucado. De todas maneiras, não queria falar de individualidades, o importante é que a seleção esteve mais compactada. A única coisa que não me agradou foi que nos surpreenderam nos contra-ataques", comentou o treinador.No próximo amistoso da seleção, dia 20, contra a França, Ronaldo deve retornar ao time. Recuperando-se de uma lesão muscular, ele não foi convocado para o jogo desta quarta-feira. Mas é nome certo para as próximas partidas.Depois, Parreira resumiu o que foi o jogo para a comissão técnica do time do Brasil. "A missão está cumprida e acabamos com o fantasma de nunca haver vencido a Hungria. A seleção brasileira sempre é obrigada a ganhar e hoje vencemos. Aprovamos o trabalho coletivo e o desempenho de alguns novos jogadores, por tudo isso estamos muito contentes", disse o técnico.Outro lado - Lothar Matthaeus, técnico alemão da Hungria, também teve uma leitura positiva do amistoso. "O Brasil nos mostrou em que temos que trabalhar para melhorar", afirmou.Data histórica - Zagallo foi homenageado pelos jogadores antes da partida. Titulares e reservas entraram no campo vestindo uma camisa da seleção, autografada por ele, com o nome Zagallo nas costas e o número 250, em referência ao número de jogos em que defendeu o Brasil como técnico e jogador. Na frente, todos tinham o número 13, o preferido de Zagallo.

Agencia Estado,

28 de abril de 2004 | 20h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.